Agosto 10, 2022

Portal Advogados

Artigos Jurídicos

Solta o fluxo: Campanha contra a Pobreza Menstrual das Mulheres Encarceradas é lançada por Comissão da OAB-CE

2 min read

Neste mês de julho é celebrado o Dia da Mulher Negra Afro Latina Americana e Caribenha. Mas uma data que era para ser celebrada, ainda traz consigo muitos problemas, como por exemplo o racismo estrutural.

Quando falamos sobre racismo, é indispensável enfrentar a complexidade do encarceramento e a forma como desproporcionalmente afeta aos negros e negras. Segundo o IPECE (2020), no Estado do Ceará as mulheres negras representam 85% das mulheres encarceradas. Essa desproporção é também sintoma do racismo estrutural que nos assola e em perspectiva interseccional – como resultado não somente do racismo, mas também do machismo como eixo estruturante da nossa sociedade – as mulheres encarceradas sequer possuem acesso a recursos básicos de higiene íntima feminina.

No Brasil, o Instituto Odara realiza, desde 2013, o projeto “Julho das Pretas”, como mais uma iniciativa de denunciar a violência racial que atravessa nosso país e buscando disseminar informações para desconstrução dessa realidade.

Em 2014, a Organização das Nações Unidas (ONU) passou a reconhecer o direito das mulheres à higiene menstrual como uma questão de saúde pública, mas isso ainda não vem sendo ofertado devidamente, e nesse período pandêmico da Covid-19, a situação se agravou ainda mais. E pensando nisso, a Comissão de Promoção da Igualdade Racial da OAB-CE idealizou a Campanha “Solta o fluxo – Campanha contra a Pobreza Menstrual das Mulheres Encarceradas”, para garantir o acesso a absorventes para as mulheres encarceradas.

Para a presidente da Comissão da OAB-CE, Raquel Andrade, a campanha é resultado da “atuação efetiva da Comissão para enfrentar as desigualdades sociorraciais no Sistema Prisional Cearense, que privam as mulheres do acesso a itens básicos para a dignidade. Precisamos nos unir e lutar contra as desigualdades”, disse.

As doações (de qualquer valor) poderão ser realizadas até o dia 30/08/2021, e serão revertidas em ítens de Higiene Íntima Feminina e entregues às mulheres institucionalizadas no Instituto Penal Feminino Auri Moura – IPF.

A sua colaboração é muito importante!

PIX para doação: 85- 98742-2829/ RAQUEL ANDRADE DOS SANTOS (Presidente da Comissão de Promoção da Igualdade Racial da OAB-CE).

Alexandra Souza: 85 9.8809.8906
Daniel Rios: 85 9.8899.0016
Assessoria de Imprensa
www.engajacomunicacao.com.br
 
“Nossa missão é construir opinião positiva sobre causas e negócios com integridade”.